Usado com moderação celular pode ser uma excelente ferramenta de trabalho (Foto: Thaís Luz)

Celular no âmbito empresarial contribui com a rotina de trabalho

07/11/2017 - Por Karime Vilela

Os tempos mudaram, antes o celular era visto como inimigo no ambiente empresarial. Tirava a atenção dos funcionários, era muitas vezes proibido o uso em empresas. Hoje, auxilia, facilita na aprendizagem e no processo evolutivo de uma organização.

O empresário Flávio Magalhães da Silva é proprietário de uma empresa de cálculos e consultoria e fala que o uso do celular melhorou o rendimento da corporação. “Nunca proibimos. Respondemos os clientes no WhatsApp, mandamos mensagens a outros funcionários para tirarem dúvidas, e isso faz com que o trabalho seja mais completo, com menos riscos de erros, pois, consultam informações com várias pessoas”.

O aprendiz João Vitor Maximiano da Silva, 16, é empacotador em um supermercado na cidade e comenta que manda mensagens a outros funcionários para esclarecer algumas dúvidas. “Mas, não uso com frequência, acho que os supervisores podem não gostar e os clientes também se sentirem menosprezados”.

A psicóloga Bruna Karen Grilo fala que é preciso entender todo o contexto empresarial para dizer se é propício ou não a corporação utilizar o celular para melhorar o rendimento. “É importante salientar que tem pessoas que possuem compulsão por redes sociais, em decorrência dos pensamentos obsessivos sobre o que pode estar perdendo ao não checar o celular ou computador toda hora”. Ela também comenta que pode estar atrelada ao hábito, já que virou rotina a checagem. Nosso corpo e cérebro se acostumam com isso, então, é necessário que os profissionais estejam maduros para utilizarem os dispositivos móveis em uma organização.